• Judivan Gomes

Jornalista da Globo revela noitada em bar com Fidel Castro

Mariana Gross passou por perrengue para conseguir entrevista com o político cubano





O que você faria para conseguir uma entrevista com Fidel Castro? Mariana Gross, jornalista da TV Globo no Rio de Janeiro, encarou até uma noitada em um bar para conseguir falar com o então líder do governo cubano.

Durante participação do programa Que História é essa Porchat?, a jornalista contou que tudo aconteceu quando ainda era estagiária da Rádio CBN, em 1999, e Fidel veio para um evento com vários chefes de estado no Rio de Janeiro.

"Ele foi andando com os guardas e assessores para um bar que ficava do lado do hotel. Falei: ‘Vamos entrar lá’. Chegamos lá, os assessores já me olharam, já me conheciam. Vi que o Fidel pediu um uisquinho, pedi também", contou.

“Comecei a aproximação com os assessores. Não falo espanhol, falo inglês e francês. Não falaram nada, aí estava indo embora. Só ouvi a voz do Fidel para mim: ‘Venga chica'", completou.

A conversa com Fidel aconteceu, mas não como Mariana Gross gostaria. “Sabe aquele papo mole? Tentava embutir uma pergunta da política externa, sobre a relação entre Brasil e Cuba. Ele saia pela tangente, e eu também não dominava a língua. Tentava de tudo, mas não estava conseguindo. Ele foi embora, os assessores disseram que já tinha gravado algumas coisas, mas não tive coragem nem de mostrar para o meu chefe. Não rendeu”, relembrou.


Terra

81 visualizações0 comentário