top of page
  • Foto do escritorJudivan Gomes

Ruy lamenta fraca pontuação de João Pessoa no ICM 2022



A fraca pontuação de João Pessoa no Índice de Concorrência dos Municípios 2022 foi criticada pelo deputado federal Ruy Carneiro, nesta terça-feira (17). A capital ficou abaixo da média das 21 cidades avaliadas no Nordeste, com baixo desempenho em 6 dos 9 indicadores analisados pelo Ministério da Economia.

De acordo com o estudo, a pontuação geral de João Pessoa foi de 427,24, enquanto a média do Nordeste chegou a 480,53. O baixo desempenho foi provocado pela baixa classificação nas áreas de Infraestrutura, Liberdade Econômica, Concorrência em Serviços Públicos, Segurança Jurídica, Tributação e Contratando com o Poder Público.

O parlamentar lamentou que João Pessoa tenha ficado na 17ª posição entre as 21 cidades do Nordeste e destacou que esses fatores são determinantes para o desenvolvimento econômico da capital.

“Mais uma pesquisa nacional reforça que a nossa capital está atrasada em relação ao desenvolvimento econômico do país e principalmente da região Nordeste. Os números apresentados pelo Ministério da Economia são apenas um reflexo da má qualidade dos serviços públicos prestados na nossa cidade.”, criticou Ruy.

O deputado reforçou que segue atento e vai continuar cobrando melhorias em todos os segmentos. “Esse cenário interfere diretamente na capacidade de negócios, no crescimento das empresas, na atração de novos investidores e consequentemente na geração de emprego e renda. É preciso ação dos gestores públicos para mudar essa situação e recolocar João Pessoa em posição de destaque. Por isso, seguirei fiscalizando e buscando alternativas que promovam o desenvolvimento da nossa capital.”, finalizou.

Em 2021, o desempenho da capital paraibana foi de 403,7 e também ficou muito abaixo da média do Nordeste, que alcançou 459,5. Em 2022, foram analisados 112 municípios brasileiros de todos os estados e regiões do país.

O ICM é realizado por meio da Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Economia. A pontuação é baseada na aferição de segmentos e fatores integrantes do ambiente de negócios dos municípios.

2 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page