• Judivan Gomes

Presidente da CMJP reafirma compromisso com enfrentamento à pandemia


Na primeira sessão legislativa do ano, Dinho (Avante) reforçou que os parlamentares não vão deixar de lado os outros problemas da Capital


“A Covid-19 ceifou vidas, destruiu empregos e trouxe incertezas. E é neste momento que os representantes da política mais próximos às dores da população, os vereadores, se fazem importantes”. A afirmação é do presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Dinho (Avante), que reforçou o compromisso dos parlamentares com o enfrentamento à pandemia, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (25).


Dinho garantiu que a Casa Napoleão Laureano está aberta para dar andamento a projetos que tenham como fim o enfrentamento à pandemia. “Vamos aumentar esta discussão para abarcar, também, as Câmaras de Vereadores da Região Metropolitana. Precisamos ver as pautas comuns para, assim, elevar as ações neste momento de extrema gravidade”, anunciou o presidente.


Além da preocupação com o avanço da pandemia, Dinho lembrou o compromisso assumido de trabalhar para melhorar a vida dos cidadãos pessoenses. “O momento não é simples. É de cuidar do outro, de preservar e buscar a geração de empregos. É de fazer desta Casa o espaço de reverberação dos anseios do cidadão”, reforçou.


O presidente da Casa destacou ainda que a atuação do projeto Câmara Itinerante mostrou que o trabalho dos vereadores vai muito além do papel desempenhado no plenário e nas comissões. “Saímos às ruas para conferir, in loco, a situação do transporte público e da mobilidade de João Pessoa. Traçamos um diagnóstico e vamos buscar soluções. Fomos também aos hospitais, aos postos de saúde, ao Largo de Tambaú, à Barreira do Cabo Branco, ao comércio e às escolas. Conhecemos os problemas e, repito, vamos trabalhar para superá-los”, ratificou Dinho.

8 visualizações0 comentário

E-mail: judivangomes@gmail.com

              contatosopb@gmail.com

Telefones: (83) 3237-8435 - (83) 9 9862-9418

© 2020 - SóPB - Todos os direitos reservados