• Judivan Gomes

Prefeito de Pedras de Fogo visita a Câmara Municipal de João Pessoa




Manoel Júnior (Solidariedade) foi recebido pelo presidente da Casa, Dinho (Avante), e os vereadores Marcos Henriques (PT) e Mikika Leitão (MDB)

Na manhã desta sexta-feira, 23, o prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Júnior (Solidariedade) fez uma visita de cortesia à Câmara Municipal de João Pessoa, sendo recebido pelo presidente da Casa, Dinho (Avante) e pelos vereadores Marcos Henriques (PT) e Mikika Leitão (MDB). "É uma honra voltar à Casa Napoleão Laureano, que me acolheu duas vezes quando fui vice-prefeito da cidade que me acolheu ainda menino, aos 9 anos de idade, quando me mudei para cá com minha família, e onde também me formei", afirmou Manoel.

Localizado a cerca de 55 quilômetros de João Pessoa, Pedras de Fogo integra a Região Metropolitana da capital paraibana e, por sua vez, tem assento no Consórcio Metropolitano, aprovado pelo legislativo pessoense no último dia 15 de abril. O objetivo é aumentar as ofertas de serviço de interesse comum para a promoção e o desenvolvimento político, administrativo, econômico, social e ambiental dos municípios envolvidos.

“Para esta Casa é uma honra receber Manoel Júnior. Temos uma sintonia desde a época da Assembleia Legislativa quando ele era deputado estadual. Ele já foi vice-prefeito da capital paraibana e tem com essa cidade uma ligação muito forte. Ficamos felizes de trocas ideias e planejar parcerias em políticas públicas. Foi um encontro muito produtivo”, disse o presidente da CMJP, Dinho.

Por sua vez, Marcos Henriques destacou que a troca de experiências com o gestor é importante para a Câmara: “Manoel Júnior tem muito o que contribuir com esta Casa e sendo prefeito de um município importante da região metropolitana podemos pensar em políticas públicas conjuntas”.

“Quando assumiu a prefeitura de Pedras de Fogo em 1989, Manoel foi um dos gestores mais jovens do país, é muito atuante e conhece muito bem o município de João Pessoa. Assim, poderemos ter muito proveito nas experiências entre a capital e Pedras de Fogo”, comentou Mikika Leitão.

0 visualização0 comentário