• Judivan Gomes

Petista diz que decisão de Fachin foi pra salvar o "pescoço de Moro"



Ainda repercute muito a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal ( STF ), Edson Fachin, de anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, referentes à Justiça Federal do Paraná. Para o presidente do estadual do Partido dos Trabalhadores ( PT ), Jackson Macedo, os petistas ficaram muito felizes com medida, mas entende que tudo foi feito para "salvar o pescoço do ex-juiz Sérgio Moro".

Segundo Jackson, isso fica tão evidenciado que o ministro, de imediato, tornou sem efeito o "habeas corpus" que pedia a suspeição do ex-magistrado. Na avaliação de Jackson, a defesa de Lula sempre entendeu que Sérgio Moro agiu com parcialidade em todos os processos envolvendo o ex-presidente.

Para o dirigente petista paraibano, mais cedo ou mais tarde isso irá ficar constatado e espera que o ex-juiz possa ser punido por isso.

596 visualizações0 comentário