top of page
  • Foto do escritorJudivan Gomes

OAB-PB é contra realização de cursos de Direito à distância: “proposta absurda”




O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Harrison Targino, externou, nesta quinta-feira (26), a posição da Instituição contra a liberação das graduações de Direito à distância. Harrison ressaltou que o Conselho Federal da OAB já prepara documentação para reiterar ao Ministério da Educação (MEC) sua posição contrária ao ensino EAD na área jurídica.

“A OAB Paraíba repudia veementemente essa tentativa de desmoralização do ensino jurídico e sua qualidade. Já não basta afinal os cursos em profusão?”, indagou o presidente Harrison Targino.

O presidente lembrou que a OAB já enfrentou a autorização de cursos jurídicos presenciais em excesso, muitos dos quais com mínima qualidade para a sua existência. “Agora vem o Ministério da Educação pensar em ensino à distância na área do direito. É absolutamente inadmissível essa desmoralização que se pretende fazer da qualidade de ensino jurídico”, afirmou.

“Por isso, o AB da Paraíba, agregado a tudo o sistema nacional de ordem repudia as tratativas neste sentido e se mobilizará para evitar que este acinte ao bom senso e a qualidade de ensino seja aprovado”, acrescentou Harrison Targino.



1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page