top of page
  • Foto do escritorJudivan Gomes

Mulheres que combatem violência doméstica constroem novas políticas públicas na Assembleia




O enfrentamento à violência doméstica foi o tema do último encontro do projeto ‘Entre Elas’, ocorrido na tarde desta quinta-feira, 30 de Março, no gabinete parlamentar da deputada estadual Francisca Motta (Republicanos).


Após escutar e dialogar com mulheres responsáveis por implantar políticas públicas na Paraíba e com mulheres que empreendem; a parlamentar conversou com mulheres que dedicam a vida, a ajudar paraibanas a romperem o ciclo da violência doméstica, com informação e com a lei.


Entre as convidadas, a presidente da Rede de Sororidade da OAB - PB, com foco na defesa da família e violência doméstica, Janayna Nunes; a secretária Municipal de Políticas para a Mulher de Patos, Brígida Emmanuelly, a jornalista e fundadora do portal Paraíba Feminina, Tatyana Valéria.


"Durante todo o mês ouvi mulheres do povo, secretárias de Estado, artesãs, advogadas, empreededoras, educadoras, jornalistas, donas de casa; mulheres que com suas vivências trouxeram as dificuldades que precisam superar todos os dias, e junto com elas, o desafio das soluções, através da política. A partir disso, elaboramos requerimentos e projetos de lei, que serão apresentados nas próximas semanas. O 'Entre Elas' veio para ficar, e nós iremos colher excelentes frutos", antecipou Francisca Motta.

A presidente da Rede de Sororidade da OAB - PB, valorizou a participação cidadã no projeto, que escutou as vozes femininas da sociedade civil paraibana. "A deputada nos permite hoje trazer para Assembleia, o debate que é travado dentro da OAB, através da sociedade civil e dos próprios advogados. Quais os interesses jurídicos das mulheres vitmas de violência, e toda a rede de apoio e suporte àquelas que sofrem violência, em razão do gênero", ressaltou.


A jornalista Tatyana Valéria, enfatizou o papel da informação e da comunicação no enfrentamento diário de crimes contra as mulheres, sobretudo, na conscientização do público masculino. "Compartilhei a visão da mídia e sua participação no combate e na denúncia da violência doméstica. Nossa ideia é que a partir daqui possamos contruir ações que consigam atingir todos os públicos, principalmente os homens", confirmou.


A secretária Municipal de Políticas para a Mulher de Patos, trouxe do interior os desafios que podem ser superados, a partir de um intercâmbio maior entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo Estadual.


"É um momento importante para nós que atuamos no interior. Ter a oportunidade de construir, aqui na Assembleia, com mulheres que dedicam a vida pelo combate à violência doméstica irá ajudar a pensar novas estratégias para quebrar o ciclo da violência. A gente percebe o aumento do número de vitmas, na proporção em que as mulheres se sentem amparadas e seguras para denunciar. Precisarmos continuar fortalecendo essa rede", completou Brígida Emmanuelly.


O projeto 'Entre Elas', promoverá ainda no mês de abril, ações pleiteadas durante todo o ciclo de diálogo. O foco das atividades continuará sendo a promoção, proteção e valorização das paraibanas.


Assessoria

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page