top of page
  • Foto do escritorJudivan Gomes

Interventor confirma retirada de acampamento: “Lei será cumprida”

O local foi usado como abrigo para os terroristas que invadiram as sedes do Congresso Nacional, Palácio do Planalto e STF nesse domingo

O interventor nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ricardo Cappelli, confirmou nesta segunda-feira (9/1) que o acampamento montado em frente ao Quartel-General do Exército em Brasília foi desocupado.


O local foi usado como abrigo para os terroristas que invadiram as sedes do Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal (STF) na tarde desse domingo (8/1). Segundo Cappelli, as barracas serão retiradas e não será permitido o retorno dos manifestantes.





Na manhã desta segunda, uma operação da Polícia Militar e Exército retirou as pessoas que estavam acampadas no QG, após determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Cerca de 1.200 suspeitos foram detidos.

“Todos os elementos foram encaminhados para a PF. A lei será cumprida”, assegurou o interventor. “Sigo em campo, acompanhando pessoalmente o comboio da polícia militar que está conduzindo os elementos que se encontravam no tal ‘acampamento’.”


0 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page