top of page
  • Foto do escritorJudivan Gomes

Galdino foi decisivo para deputados terem emendas impositivas de quase R$ 3 milhões no orçamento


A Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou o parecer preliminar da Lei Orçamentária Anual (LOA – 2023) enviada à Casa Epitácio Pessoa pelo Governo do Estado. No próximo ano, as Emendas Parlamentares (Impositivas) aumentarão de 0,4% para 0,7%.

Assim, cada parlamentar terá quase R$ 3 milhões para atender as necessidades da população, sobretudo nos pequenos municípios, fazendo com que Orçamento Público atenda as necessidades de cada paraibano de forma mais eficaz. A medida é fruto de longa articulação do presidente da ALPB, Adriano Galdino, junto ao Executivo estadual. “Essa é uma das grandes conquistas da nossa gestão à frente do Parlamento Estadual”, afirmou o deputado.

Adriano lembrou que a partir de 2019, quando iniciou seu atual mandato na presidência da ALPB, esteve diversas vezes com o governador João para discutir assuntos relacionados as emendas impositivas e garantir a inclusão nos orçamentos do Estado a partir do ano de 2020. “O diálogo foi importante para manter o consenso entre o Legislativo e o Executivo”, enfatizou Adriano.

O presidente da ALPB também lembrou do papel importante do ex-deputado Genival Matias (in memoriam) nas articulações com o poder Executivo para a concretização da proposta e a efetiva inclusão das emendas impositivas no orçamento estadual. “Meu querido e eterno amigo Genival Matias teve papel decisivo para que obtivéssemos essa grande conquista no Parlamento estadual em prol da sociedade paraibana”, observou.

2 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page