• Judivan Gomes

Flordelis se revolta e detona evangélicos por comentários sobre a morte de ator: “Castigo de Deus"




Flordelis se revoltou com a comunidade evangélica após comentários sobre a morte de Paulo Gustavo

Paulo Gustavo morreu na última terça-feira, 4 de maio, após passar mais de 50 dias lutando pela vida em um hospital do Rio de Janeiro. Apesar da tristeza dos familiares e amigos do humorista, teve evangélico que afirmou que o falecimento do ator foi um ‘castigo de Deus’. Diante dos comentários, Flordelis se pronunciou publicamente.

A Deputada Federal, que vem sendo investigada pela morte do marido, não gostou nenhum pouco das mensagens que a comunidade evangélica estava proferindo sobre Paulo Gustavo e detonou. Os ataques ao ator se devem por conta de piadas feitas por ele sobre a bíblia no filme Minha Vida em Marte, bem como por sua orientação sexual.


Inconformada, Flordelis disparou: “Infelizmente alguns evangélicos que não me representam e não representam a maioria dos evangélicos desta nação foram para a mídia falar que [a morte] foi um castigo de Deus. Não foi! É falta de vacinação na população, precisam vacinar a população”. Ela ainda citou evangélicos que foram vítimas da doença.

“Lázaro, cantor gospel, evangélico, servo de Deus, vereador, ex-deputado federal, morreu vítima da covid-19. Quem não se lembra da cantora Fabiana Anastácio? Evangélica, pastora e morreu vítima da covid. Isso não é castigo de Deus, isso é uma pandemia que está acontecendo no nosso país, está acontecendo no mundo”, declarou Flordelis.

A cantora evangélica ainda pediu por vacinas e fez uma súplica: “O povo precisa, o povo tem direito à vida, que essa seja uma das últimas mortes neste país. As UTIs estão lotadas e cadê as vacinas? Está faltando no nosso país, então estou aqui brigando, falando que você precisa descruzar os braços e cobrar de quem é de direito o direito pela vida”.

COM IG


241 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo