• Judivan Gomes

Famup lamenta morte de Maranhão e destaca importância do seu trabalho para municipalismo paraibano


A Federação das Associações dos Municípios Paraibanos (Famup) lamentou, na noite desta segunda-feira (8), a morte do senador da Paraíba pelo MDB, José Maranhão, ocorrida em decorrência de complicações da covid-19. O parlamentar tinha 87 anos e estava no Hospital Villa Nova Star, em São Paulo. “Zé Maranhão construiu uma história de conquistas e desenvolvimento para nossa Paraíba, principalmente pelo fortalecimento do municipalismo. Fez muito pelos municípios paraibanos. Apesar da perda, ele deixa um legado na política paraibana que serve de exemplo e inspiração para muitos que trilham o caminho da política”, lamentou o presidente da Famup, George Coelho, lembrando que a sede da Famup foi doada pelo Governo do Estado, na gestão de José Maranhão. Aos familiares e amigos, George deixou uma prece. “Que Deus possa confortar o coração dos familiares, amigos e todos aqueles que tiveram a alegria de compartilhar a vida com o inesquecível Zé Maranhão. Força e fé para este momento!”, rogou. Maranhão foi diagnosticado com o novo coronavírus no dia 29 de novembro, data do segundo turno das eleições de 2020, na Paraíba. José Targino Maranhão – Conhecido como Zé Maranhão e nascido na cidade de Araruna foi empresário e político. Atualmente ocupava o cargo de senador pela Paraíba, pelo MDB. Foi deputado estadual, deputado federal, vice-governador e governador do estado da Paraíba em três ocasiões. Em 2018, concorreu ao governo da Paraíba pelo MDB, ficando em terceiro lugar, com 17,44% dos votos válidos, sendo derrotado ainda no primeiro turno das eleições.

Assessoria

6 visualizações0 comentário