• Judivan Gomes

Emedebista é contra o instituto da Federação Partidária




O deputado estadual Raniery Paulino ( MDB ) disse que não concorda com instituto da Federação Partidária. Ele informou que é a favor do sistema proporcional sem coligações. Na avaliação do parlamentar, a Federação Partidária é uma forma disfarçada das coligações proporcionais.


Raniery contou que vê isso como uma manobra do Congresso Nacional na tentativa de salvar algumas legendas que não vão sobreviver com o fim das coligações proporcionais. O presidente jair Bolsonaro ( sem partido ) vetou o trecho na Reforma Política que versava sobre a Federação Partidária, mas o Congresso derrubou o veto.


Com o instituto da Federação Partidária, os partidos podem se juntar nos estados em um bloco de, no máximo, 04 por um período de 04 anos. As informações é de que o MDB, Avante e Solidariedade se articulam neste sentido visando o processo eleitoral de 2022.


O presidente estadual do MDB paraibano é o senador Veneziano Vital do Rego. O Avante deverá ser comandado, no estado, pelo deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino. Já o Solidariedade tem como dirigente estadual o prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Júnior.

139 visualizações0 comentário