• Judivan Gomes

Deputado diz que Congresso Nacional não pode se curvar ao executivo




O deputado federal Gervásio Maia ( PSB) disse, nesta quarta-feira ( 30 ), que o Congresso Nacional não pode ficar curvado ao executivo. Para isso, ele é a favor que os congressistas investiguem as denúncias de supostos crimes de responsabilidade praticados pelo presidente da República Jair Bolsonaro ( sem partido ).


No final da tarde desta quarta-feira 11 partidos e vários integrantes de movimentos sociais protocolaram um superpedido de " impeachment " do chefe do executivo federal. O documento contém mais de 20 denúncias contra Bolsonaro. O grupo de partidos de oposição é formado por PT, Psol, Rede, UP, PSB, PC do B, PV, Cidadania, PDT, PSTU e PCO. Também subescreveram o documento os ex-aliados de Bolsonaro os deputados Alexandre Frota ( PSDB ) e Joice Hasselman ( PSL ).


Gervásio contou que o superpedido é um resumão dos outros 123 pedidos de "impeachment" do presidente que tramitam na Câmara dos Deputados. Segundo ele, o presidente da Câmara Federal, deputado Arthur Lira ( Progressistas ), não tem nenhuma justificativa para não acatar a denúncia por conta de que tudo foi elaborado como estabelecem a Constituição Federal e o Regimento Interno da Casa.

79 visualizações0 comentário