• Judivan Gomes

CUT-PB participa do Dia Nacional de Luta em defesa da vida e da vacina para todos


A Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB) se junta a Sindicatos, Frentes, Centrais e com a CUT nacional para participar do Dia Nacional de Luta, em defesa da vida, da vacina, do emprego e do auxílio emergencial. O movimento acontece na próxima quarta-feira (24) em todo o país. De acordo com Tião Santos, presidente da CUT-PB, o movimento vai ser importante para apresentar os desejos dos trabalhadores diante da situação atual. “Os trabalhadores e trabalhadoras vão parar para refletir e reivindicar, cobrar do poder público. A mobilização é em defesa da vida, diante desse processo de vacinação lento que estamos vendo, enquanto a pandemia avança”, afirmou. Além de lutar pela vacinação em massa da população, diante do caos na saúde provocado pela aceleração da pandemia do novo coronavírus, causada pelo negacionismo presidencial, a CUT-PB também se manifesta pela volta do auxílio emergencial de 600 reais, como o pago no ano passado. Em Medida Provisória (MP) enviada ao Congresso Nacional, o governo Bolsonaro, através de Paulo Guedes, diminui os valores pagos para, em média, 250 reais, variando entre 150 e 375 reais. Segundo Tião, os valores não ajudam quem está procurando por emprego. “Nós vamos protestar, de maneira virtual, com segurança, pelo emprego. Na quarta, vamos manifestar a nossa indignação pela perda que os trabalhadores estão sofrendo. Precisamos de uma mudança na política econômica do governo federal, pois a política atual não se sustenta. Não podemos admitir tanto desemprego nesse país”, disse. Como parte da luta, a CUT-PB fará uma transmissão ao vivo às 19h30 da próxima quarta, debatendo e mostrando para os trabalhadores o que é defender a vida no cenário atual. “Nós convocamos toda a nossa base para participar dessa mobilização, em casa, curtindo através das redes sociais, compartilhando e participando desta live. Vamos trabalhar para que o trabalhador e trabalhadora entenda como se dá o processo de descaso do governo e como nós estamos na luta contra esse descaso”, concluiu Tião. Já nesta terça-feira (23), às 17h, a CUT-PB participa de uma plenária com os integrantes da Frente Brasil Popular, que congrega movimentos sociais, sindicais e partidos progressistas com o objetivo de unir mais entidades com vistas ao fortalecimento das atividades propostas para o Dia Nacional em Defesa da Vida e seus eixos principais, como vacina para todo a população, a campanha fique em casa e auxílio emergencial.

Assessoria

224 visualizações0 comentário