top of page
  • Foto do escritorJudivan Gomes

Cel. Castro faz balanço dos primeiros meses à frente da CX Beneficente PM/BM



O Cel. Castro, presidente da vai Beneficente dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e do Bombeiro Militar da Paraíba, debruçado sobre planilhas e estatísticas do que já foi realizado nos primeiros dez meses de sua primeira gestão administrativa, salienta que os problemas decorrentes da pandemia da Covid-19 não impediram que ele correspondesse, com efetiva participação de todos os demais dirigentes e dos funcionários da instituição, às expectativas da massa de associados e dependentes da mesma.

Ele faz questão de enfatizar que, não apenas em João Pessoa, mas em todas as demais Regiões do estado, os serviços prestados aos trabalhadores das duas corporações jamais sofreram qualquer solução de continuidade, a despeito de intercorrências porventura registradas no decorrer desse período. E a metodologia empregada em toda a plataforma de trabalho da gestão, segundo ele, contempla toda a gama dos serviços prestados à categoria, com os respectivos dependentes, mas é no setor de saúde onde a gestão está focada com absoluta prioridade.

Como prova do que está afirmando, o Cel Castro assinala, em síntese, o retorno dos atendimentos de nutricionista a associados e dependentes, na sede -central da Rua das Trincheiras, no centro da capital, com agendamentos a serem feitos pelo telefone (83) 3218-6790 – sempre para o turno da tarde.

Precatórios

O pagamento do Precatório I, da Bolsa Desempenho, aos considerados como preferenciais, por contarem com idade de 60 anos acima, ou serem portadores de doenças graves, prossegue normalmente, com a liberação de quantitativos que somam, até, R$ 60 mil, sem contar com o pagamento dos RPVs (Requisitórios de Pequenos Valores), nos contracheques de julho, agosto e setembro.

Quanto ao Precatório II, o Cel Castro diz lamentar o travamento na liberação do benefício, motivado, segundo ele, por recurso impetrado, no processo, por militares que ignoraram deliberação tirada, conjuntamente, de Assembleia Geral da Caixa Beneficente e do Clube dos Oficiais, com aprovação de 86 por cento dos presentes, examinando os termos do decreto governamental que instituiu a Bolsa Desempenho dos policiais.

Por novas conquistas

As diretorias da Caixa Beneficente, do COPM e da ASSINPM, conforme acrescenta o Cel Castro, continuam vigilantes aos acontecimentos concernentes aos superiores interesses da categoria, envidando todos os esforços possíveis no sentido de preservarem os direitos dos PMsBMs ativos, aposentados e pensionistas.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page