top of page
  • Foto do escritorJudivan Gomes

Cícero Lucena vence Prêmio Orgulho Autista Brasil e se torna o 1º prefeito do País a receber condecoração



O prefeito Cícero Lucena venceu o Prêmio Orgulho Autista Brasil - promovido pelo Movimento Orgulho Autista Brasil (MOAB) - e se torna o primeiro gestor municipal do país a receber a condecoração. O reconhecimento vem pelo trabalho realizado com o projeto ‘Somos Capazes – Tardezinha Inclusiva’, desenvolvido pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), em parceria com a Associação Paraibana de Autismo (APA) e a Turma Tá Blz. O prêmio será entregue no dia 2 de abril, Dia Mundial de Conscientização do Autismo, em Brasília, na Rádio Justiça – Supremo Tribunal Federal (STF), às 14h.

O diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, lembrou a importância da premiação que reconhece a realização de um conjunto de ações de inclusão social por meio da arte que a Prefeitura realiza. “Esse prêmio que o prefeito Cícero Lucena recebeu é extremamente importante para a cidade, porque estamos realizando um conjunto grande de ações de inclusão social pela arte há dois anos e quatro meses, que é o projeto Somos Capazes, Tardezinha Inclusiva. Então, o Prêmio Orgulho Autista Brasil que João Pessoa ganhou, personificado na liderança do prefeito Cícero Lucena, é extremamente importante para todos nós, porque mostra o valor desse trabalho e destaca João Pessoa como a única cidade que está desenvolvendo esse tipo de atividade que envolve arte, cultura e inclusão social”, celebrou.

Marcus Alves detalhou o projeto que levou o prefeito Cícero Lucena a vencer o prêmio. “A gente faz exposição dos artistas, das crianças autistas. Eles se apresentam na área de música, de sarau poético, artes plásticas, teatro. Então, temos um conjunto grande de atividades que pressupõe esse conceito, esse princípio da inclusão social pela arte. Fizemos piqueniques inclusivos, visitas aos cinemas, temos a Paixão de Cristo inclusiva, teremos a corrida do autista e esse conjunto de ações da cultura, quando somado às atividades que o prefeito Cícero Lucena desenvolve na área da educação e saúde, dá essa base para o recebimento desse prêmio”, frisou.

Cícero Lucena foi escolhido em uma votação da qual participaram 60 diretores, conselheiros e coordenadores do MOAB em todo o país. Vinte

categorias foram votadas e o gestor pessoense venceu a categoria ‘político’. No primeiro momento, os membros do Conselho indicam os concorrentes e apresentam as defesas com o motivo pelo qual essas pessoas/instituições foram incluídas como candidatas. Na segunda fase, os integrantes do grupo votam naqueles que acreditam merecer a homenagem. Naturalmente, os mais votados são os vencedores.

A escolha do prefeito Cícero Lucena foi, portanto, pela votação do colegiado que reconheceu todo o trabalho desenvolvido com pessoas dentro do espectro autista no Tardezinha Inclusiva, como explicou o advogado e presidente do Movimento Orgulho Autista Brasil, Edilson Barbosa. Ele ressaltou que esse é o reconhecimento pelo desenvolvimento de políticas públicas de inclusão.

“As famílias e os autistas necessitam de políticas públicas e quando o gestor não compreende essa necessidade, acaba não oferecendo. A gente coloca luz nos projetos e reflete para todas as gestões que implementam essas políticas públicas. Esse prêmio foi criado para premiar pessoas que entendem essa necessidade”, enfatizou Edilson Barbosa.

A coordenadora do MOAB na Paraíba e presidente da Associação Paraibana de Autismo, Hosana Carneiro, destacou o quanto a Tardezinha Inclusiva, um dos braços do ‘Somos Capazes’, é importante e admirado em todo o Brasil. “Somos os únicos no país com esse tratamento de inclusão. O projeto luz é o Tardezinha Inclusiva, mas é um conjunto de fatores implementados em favor das pessoas com autismo. É essa visão ampla que a gestão tem de fazer inclusão, como por exemplo, a Paixão de Cristo inclusiva que será encenada este ano. Isso passou a ter visibilidade e a ser admirado em todo o Brasil. São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, têm uma grande admiração pelo projeto”, relatou.

Prêmio Orgulho Autista - Realizado todos os anos, desde 2005, o prêmio busca evidenciar pessoas, órgãos e entidades que trabalharam significativamente pela melhoria da qualidade de vida destas pessoas. Este ano, a premiação será entregue em abril, quando se celebra o Mês de Conscientização do Autismo.

Tardezinha Inclusiva - Desenvolvida para atender o público autista infantil, T21 e cadeirante, a Tardezinha Inclusiva apresenta uma série de atrações e atividades que envolvem essas crianças e contribuem para que elas se tornem mais independentes, que interajam e se sintam incluídas de fato.

A Tardezinha Inclusiva é realizada pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e oferece atrativos importantes para crianças dentro do espectro autista, promovendo inclusão por meio da arte. Pintura, brincadeiras, música, desenho, teatro, dança – um universo de possibilidades, com o poder transformador.

MOAB - O Movimento Orgulho Autista Brasil é uma entidade nacional não-governamental, sem finalidades lucrativas, criado em 2005. É formado por pais, mães, amigos e simpatizantes da causa - todos voluntários. Tem como objetivo principal buscar a melhoria da qualidade de vida para as pessoas diagnosticadas com autismo e para as suas famílias. Para isso, desenvolvem uma série de ações, projetos e programas.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page