top of page
  • Foto do escritorJudivan Gomes

Cícero entrega reforma e modernização do Centro Obstétrico e Cirúrgico do Instituto Cândida Vargas





O prefeito Cícero Lucena, entregou, nesta sexta-feira (27), a reforma e modernização do Centro Obstétrico e Cirúrgico do Instituto Cândida Vargas (ICV). A instituição ainda recebeu cinco salas completamente equipadas do bloco cirúrgico, além da Unidade de Terapia Intensiva e Neonatal – ações que integram pacote de investimentos na melhoria dos equipamentos de saúde de João Pessoa.


Durante a solenidade, o prefeito recebeu o selo social pela renovação do termo Hospital Amigo da Criança, conferido pelo Ministério da Saúde, devido a um conjunto de ações da gestão municipal que elevaram os indicadores da unidade no tocante a segurança do paciente, qualidade de atendimento e da estrutura de equipamentos ofertados.


“Estamos renovando algo que tinha sido perdido, uma premiação do passado em nossa gestão, de ser um equipamento Amigo da Criança, com reconhecimento nacional e internacional, pelo cuidado, pelo respeito, pela humanização das suas ações. Antes, se nós tínhamos duas salas de parto e de cirurgias precárias, hoje nós passamos a ter cinco do que há de mais moderno em termos de equipamento, aclimatando todo o espaço do pré-parto, do parto, ou seja, de todas as ações para dar um bom atendimento. Acolhemos essas mães que estão em um momento tão importante da sua vida, que é dar a luz aos seus filhos”, disse o prefeito Cícero Lucena.


O secretário municipal de Saúde, Luis Ferreira, firmou que o Instituto Cândida Vargas está recebendo o olhar da Prefeitura de João Pessoa, passando a ser uma unidade que conta com o que existe de mais moderno na oferta de equipamentos. “A gente abriu um processo para aquisição de equipamentos e conseguimos 17 focos cirúrgicos, 17 mesas cirúrgicas, 17 bisturis elétricos, 17 carrinhos de anestesia. O que era uma mesa se transformou em cinco salas completas para o Instituto Cândida Vargas”, explicou.


A Prefeitura de João Pessoa avança, com as melhorias dos seus equipamentos de saúde e hospitalares, otimização dos seus serviços e aquisição de equipamentos, para ofertar um atendimento de maior qualidade para a população da Capital.


O diretor-geral do Instituto Cândida Vargas, Quintino Régis, disse que é o maior volume de ações da história da unidade. São 189 aparelhos de ar, 11 monitores fetais e 30 leitos de UTI neonatal.


Confira mais ações da gestão municipal na área da Saúde:

Rede de proteção – A gestão municipal já recuperou e modernizou 45 equipamentos de saúde, incluindo Unidades de Saúde da Família (USFs), Policlínicas e Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Fez intervenções para modernização de estrutura, ambientes climatizados e prontuário eletrônico. A Prefeitura também já deu ordem de serviço para a construção de oito novas USFs, de um total de 12 que serão erguidas do zero para acabar com áreas descobertas na cidade.


Hospital do Valentina – A unidade ganhou novo Centro de Imagem, totalmente digital, que otimizou a qualidade dos exames e deu mais rapidez ao diagnóstico. O equipamento também ganhou uma brinquedoteca, para acolher as crianças de uma forma mais humanizada.


UPA de Cruz das Armas – Ganhou uma área verde e um novo Centro de Imagem, com aparelho raio X capaz de dobrar a quantidade de exames.


Complexo Hospitalar de Mangabeira – Recebeu intervenções profundas para a recuperação e modernização do setor de urgência clínica, que contempla as áreas verde, amarela, laranja, vermelha e UTI, que teve ampliação de 30 novos leitos.


Pronto Atendimento em Saúde Mental (Pasm) – Ganhou dois novos consultórios psiquiátricos, uma sala de triagem para acolhimento do paciente e da família, novos leitos nas enfermarias de estabilização, uma enfermaria de observação, espaço para atendimento às famílias, espaço de lazer, além de mais comodidade com climatização dos ambientes e novas camas.


Hospital Santa Isabel – Se tornou referência no serviço de hemodinâmica, superando mais de mil procedimentos, com atendimento cardiovascular, salvando vidas por meio de uma assistência que inclui cateterismo cardíaco e angioplastia coronária, com implante de stent.


A unidade também faz parte de uma rede de proteção, que a Prefeitura montou, em parceria com clínicas particulares, que zerou a fila de quem precisa de um procedimento de hemodiálise na cidade.


Farmácia Container – Inaugurada há 20 dias para ofertar medicamentos gratuitos à população da Capital, no bairro dos Bancários. O equipamento disponibiliza a mesma oferta de insumos de uma Unidade de Saúde da Família.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page