• Judivan Gomes

Bolsonaro volta a atacar ministros do STF: "Quem pensam que são?"

Presidente afirmou que Alexandre de Moraes age fora da Constituição e diz que Luís Roberto Barroso entende de "terrorismo"



O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a fazer ataques aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, questionando "quem eles pensam que são". Bolsonaro também acusou Moraes de agir fora da Constituição e disse que Barroso entende de "terrorismo".

Bolsonaro é alvo de cinco inquéritos no STF — quatro deles relatados por Moraes — e de um inquérito administrativo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), presidido por Barroso.

"Quem é que esses dois pensam que são? Quem eles pensam que são? Vão tomar medidas drásticas dessa forma, ameaçando, cassando liberdades democráticas nossas, a liberdade de expressão. Porque eles não querem assim, porque eles têm candidato Os dois, nós sabemos, são defensores do Lula, querem o Lula presidente", disse Bolsonaro, em entrevista ao canal Gazeta Brasil.

No ano passado, Bolsonaro passou semanas fazendo diversos ataques ao STF, especialmente a Moraes e Barroso. O auge ocorreu durante uma manifestação realizada no dia 7 de setembro, quando o presidente chamou Moraes de "canalha" e disse que não iria mais cumprir as decisões dele.

Dois dias depois, no entanto, o presidente divulgou uma nota dizendo que as declarações ocorreram "no calor do momento". Bolsonaro também conversou com Moraes por telefone.


IG

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo