• Judivan Gomes

Adriano Galdino se solidariza com Anísio Maia e filiados por punição do PT


O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, se solidarizou, na tarde desta quinta-feira (23), com o deputado Anísio Maia e filiados ao PT, que foram punidos pelo Conselho de Ética Nacional do Partido, por divergirem do posicionamento da sigla nas eleições municipais de 2020 em João Pessoa.

No pleito, Anísio foi candidato a prefeito da Capital e contou com o apoio da ex-presidente municipal Giucélia Figueiredo e dos ex-dirigentes Anselmo Castilho e Antônio Feitosa. A orientação da Executiva Nacional do PT era para os filiados apoiarem a candidatura do PSB.

Anísio Maia foi suspenso por seis meses e Josenildo Feitosa, Giucelia Figueiredo e Anselmo Castilho pegaram, cada um, três meses de suspensão.

Adriano Galdino afirmou que a posição do PT é autoritária e antidemocrática. Para ele, o partido deveria respeitar a autonomia do deputado e dos filiados, que no pleito agiram para defender os interesses da legenda, que saiu fortalecida com a candidatura própria.

Adriano também aproveitou a oportunidade para abrir as portas do Republicanos para Anísio e os demais filiados, que estão sendo desrespeitados pelo PT e devem deixar a legenda.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo